Ensinamentos

Todos os seres buscam o amor, a satisfação e a felicidade. Deus é amor eterno; ele criou o mundo por amor e a partir do amor. Compartilhar o amor, gozar da vida, ver o esplendor divino em todas as coisas e atingir a Realização espiritual: este é o objetivo da criação.

Todo ser vivo tem a aspiração profunda de atingir o propósito para o qual ele foi criado. É por isto que o homem não poderá ser feliz de modo duradouro, nem acabar com a lista interminável de malogros, enquanto ele não tiver compreendido isto. O Dharma é o caminho a seguir para cumprir o propósito da nossa encarnação. A palavra Dharma significa ação justa, em harmonia com a ordem de todas as coisas. Aquele que segue o Dharma será liberado dos sofrimentos e entrará em uma dimensão de vida completamente nova, cheia de Graças. A prática do Dharma abre a porta de acesso à vida Divina e à Felicidade permanente. Nossa existência como indivíduos, membros de uma família, de uma sociedade e de uma nação entrará num processo de transformação profunda até atingir características divinas, levando a Terra a se transformar aos poucos em um lugar de felicidade e celebração.

 

O CAMINHO LEVANDO AO ESTADO DE DIVINDADE COMPLETA

A evolução é uma lei da Natureza que não necessita esforço consciente... até chegar ao estado humano. A mão da Natureza se ocupa de tudo para os animais, as plantas e as outras criaturas. Somente o homem possui o livre arbítrio; e ele então precisa fazer um esforço consciente para evoluir. Por isso é muito importante dar-lhe a possibilidade de galgar o caminho do Dharma desde sua tenra infância. É mais fácil ajudar uma criança a desenvolver sua consciência antes que as paixões e os desejos desordenados atinjam sua mente. O desenvolvimento da consciência, que lhe dará a possibilidade de compreender o verdadeiro sentido da vida, se faz a partir da energia cósmica que circula livremente nas crianças pequenas. Será necessário estar atento durante a escolaridade para que a criança seja capaz de integrar os conhecimentos das coisas do mundo juntamente com as realidades espirituais, verdadeiras razões dos movimentos deste mundo. Assim se desenvolverá paralelamente na alma da criança, a compreensão interior e a inteligência verdadeira.   

É também este conhecimento integrado da realidade exterior e do processo de crescimento interior que permitirá a construção de uma vida familiar e social satisfatória e feliz. Através da pratica do Dharma, começarão a aparecer qualidades divinas em nossa vida individual e familiar. Então atingiremos o estado humano-divino e representaremos o fermento da transformação para a sociedade na qual vivemos e para nosso país. Nosso país terá um dia uma estrutura e um funcionamento em verdadeira harmonia com a ordem Divina. Países divinos colaborarão entre si e o mundo será completamente transformado.   É realmente possível construir um mundo no qual a vida seja felicidade infinita. A Vontade Divina nos convida hoje a fazermos parte desta missão cósmica.

 

O CAMINHO DO MEIO

A maioria dos seres humanos considera o mundo vivido através dos sentidos como a realidade. Eles se contentam em buscar o prazer no mundo exterior e não se preocupam em buscar uma verdade maior que a do mundo material. Outra categoria de pessoas – sendo muitas buscando a espiritualidade – afirmam que o mundo no qual vivemos é somente ilusão e que somente Deus, ou Brahma, ou o Absoluto, existe realmente. Eles vêm tudo que está ligado à vida material como um perigo para a alma, e consideram que o único modo de atingir a Realização espiritual é se retirando do mundo. Do ponto de vista do Caminho do Meio, ambos são pontos de vista extremos, que devem ser evitados. Segundo o Caminho do Meio, o mundo é o sorriso de Deus e “Deus” é a realidade sutil que penetra cada coisa, constituindo o próprio tecido do mundo. Para avançar no Caminho do Meio devemos ficar alinhados ao núcleo inalterável e eterno do nosso ser e ao mesmo tempo continuarmos a assumir nosso papel no grande movimento da vida exterior. Muitos dos grandes mestres do passado preconizaram o Caminho do Meio. O novo Dharma de Śrī Tathāta aprofunde, estende e renova ao mesmo tempo este ensinamento.